segunda-feira, 24 de maio de 2010

Desdesconstrução

Desconstruir para observar,
Observar para compreeder
Compreender para complicar,
Complicar pra quê?

Procura, acha, procura de novo,
Não satisfeito, pesquisa ainda mais.
Somos engolidos pelas hipóteses,
Teoremas, teorias, hipotenusas.

Não satisfeito, somos tomados pelo impulso
do saber, e acaba-se sabendo demais.
E mais uma vez, o homem peca pelo excesso
quando o mais simples, muitas vezes,
É sentir, com todo os poros da epiderme,
Com toda a paixão no coração,
Desdesconstruir.

7 comentários:

Juan Moravagine Carneiro disse...

O ato de destruir também é um ato criador...

Já descontruir é algo muito complexo e complicado...poucos conseguem descontruir algo sem negar ou castrar este algo...

belos versos

abraço

Vanessa Souza Moraes disse...

Lacan dizia que a pior paixão é a pelo saber...

Saber demais cansa, rs.

:)

Ronan Augusto disse...

saber muito sobre muita coisa é dificl, e nem é necessário, muitas coisas só nos basta sentir.

http://valedosuicida.blogspot.com

Nathalie disse...

E o que não é complicado nesta vida? rs

Tem selinho para vc no meu blog. :)

Mistério do Planeta disse...

Obrigado pela visita :))

gostei daqui.
e do teu poema.

abraços

Camila disse...

ameei seu blog heein (:
essa parte me valeu de muita coisa:
E mais uma vez, o homem peca pelo excesso
quando o mais simples, muitas vezes,
É sentir, com todo os poros da epiderme,
Com toda a paixão no coração,
Desdesconstruir.

bjooos

Gian Le Fou disse...

"Não satisfeito, somos tomados pelo impulso
do saber, e acaba-se sabendo demais."

Minha vida no momento.

Postar um comentário